Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Conto de Natal

por Bruno Custódio, em 29.12.11

VII

 

O relógio já marcava as 12 horas do dia 25 quando Alberto João acorda no sofá. Tinha adormecido no meio dos seus pensamentos. A caixa dos recortes e a garrafa de cerveja tinham desaparecido. Jardim estava muito confuso, mas sabia o que tinha de fazer: regressar à cama e dormir aquilo que não tinha conseguido durante a noite. Acorda novamente ao final do dia, perto da hora do jantar e liga a todos os meios de comunicação para marcar uma conferência de imprensa para a hora de almoço no dia seguinte. A noite anterior tinha dado que pensar.

 

Chega a hora e Jardim apresenta-se na conferência de imprensa dizendo que tem um anuncio importante para fazer.

-Bom dia a todos os madeirenses e aos portugueses que me estão a ver. Eu tenho um comunicado importante a fazer. Passei o pior Natal da minha vida. E a culpa é dos bandalhos do Continente. Houve um engrume qualquer do Continente que me deve ter posto droga num champagne que bebi durante uma das inaugurações do dia 24 e fez com que passasse um Natal terrível. Tive alucinações durante toda a noite e mal consegui dormir. Este foi um golpe muito baixo, mesmo para essa saldanhada do Continente. Quero, por isso, acusar o Continente de tentar por meios terríveis e não democráticos afastar-me de um posto que é meu por direito. A todas as vossas perguntas respondo "a culpa é do Continente". E tenho dito!

 

Jardim não tinha aprendido a lição.

 

(...)

 

Agosto de 2017. Alberto João Jardim perde a presidência do Governo Regional da Madeira e é condenado por abuso de poder e de valores. É proibido de mexer em dinheiro, ficando as suas economias a cargo de Fernando Lampreia, enteado de José Sócrates, filho de Manuela Almeida, casada com Sócrates desde 2015. Jardim é também proibido de entrar em Portugal Continental. Carteira, filha de Contribuinte havia falecido em 2016, após uma longa batalha contra a sua doença. Jardim culpou o Continente por não ter financiado a medicina madeirense nem de ter aceite a Carteira nos seus hospitais. Todas as noites, quando se vai deitar, Jardim lembra-se da visita dos 3 fantasmas. Se lhes tivesse dado ouvios, tinha-se demitido a 26 de Dezembro de 2011 e vivia hoje como um lorde numa ilha das Caraibas...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Mensagens

Calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


subscrever feeds