Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mensagens

Calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


subscrever feeds


Carta ao Avô Natal

por Bruno Custódio, em 19.12.15

Depois de 23 anos a escrever cartas ao Pai Natal e a ver as minhas vontades a não serem satisfeitas pelo mesmo, este ano decidi ir um pouco mais além e escrevi a minha carta de Natal ao Avô Natal, porque os avós é que fazem todas as vontades aos netos e acredito que, assim, terei este ano um rico Natal. Foram estes os meus pedidos:

 Querido Avô Natal. Este ano não fui um bom menino, mas que te importa, és Avô e para ti fui sempre um bom menino, mesmo que tenha partido o vidro da tua janela enquanto jogava à bola. Envio-te a minha carta num pombo correio. Sei que moras num lugar frio e caso ele tenha chegado ai congelado envio em anexo uma receita maravilhosa de pombo guisado. Mas não foi a culinária que me trouxe até aqui. À bocado estava a brincar, até fui um bom menino. Não parti uma única peça de loiça em casa, até porque este ano arranjei uma casa por minha conta e percebi que os seus componentes não são assim tão baratos.

Como sabes, eu sou um amante da Natureza e gostava que me desses um animal de estimação, uma Vaca Milka por exemplo. Eu iria tomar muito bem conta dela e do seu leite de chocolate. Assim eu podia fazer o meu próprio chocolate. O ano passado pedi ao teu filho, o Pai Natal, um chocolate gigante e ele deu-me, ao invés, uma grande dor de dentes e de barriga.

Como podes ver, não sou muito exigente contigo. Para além da vaca, queria pedir-te também uma bateria para smartphone que funcione como a bateria do carro, que fique mais carregada à medida que é utilizada. E para não dizeres que só penso em mim, quero mostrar-te que penso também nos mais necessitados e peço-te que deixes um par de phones para os ouvidos para os fulanos que teimam em ouvir música alta nos transportes públicos e necessitam de um par de phones.

Um grande abraço Avô Natal e Boas Festas

Bruno Custódio

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A acrobacia de esperar

por Bruno Custódio, em 13.12.15

No outro dia estava a ver um programa de acrobacias arriscadas na televisão e disse para a minha companheira que também era capaz de fazer aquilo. Referia-me obviamente ao espectadores que estavam a assistir, eu também era capaz de o fazer. Esperem sentados se pensam que eu estava a falar das acrobacias. Esperem como estão à espera os fãs do Star Wars à porta dos cinemas para assistir à estreia do filme, no próximo dia 18. Há pessoas que foram para lá com dias de antecedência e já passaram as 100 horas de espera. Bem, na verdade, isso não é nada para quem já experimentou a espera no sistema de saúde português para assistir a uma consulta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Comunicado Oficial Não Licenciado

por Bruno Custódio, em 12.11.15

 Olá a todos vocês que comem uma sandes de manteiga e bolachas enquanto bebem o vosso Danoninho de Morango e Banana. Como está a correr a vossa quinta feira? Ou sexta, depende do dia em que estão a ler. Eu venho por esta direita, porque por este meio vem toda a gente e o trânsito para comunicados não é tão longo pelas alas como é pelo meio... recapitulando, venho por esta direita, dizer-vos que estou vivo e que ainda não destruí a casa, ainda... também vos quero dizer que gosto todos de muitos vocês, tanto quanto gosto de Milka.

O blog tem estado um pouco parado, devido ao muito trabalho que tenho tido, tanto em casa como no emprego que tenho e por isso a cabeça tem estado muito cansada para escrever. Tenho estado sem Internet e os posts que vão aparecendo aqui têm sido escritos por sms para a minha namorada que, mais uma vez, se agigantou perante o teclado do PONL e publica aqui as parvoíces que escrevo.

Tenho tentado ao máximo, nas poucas oportunidades em que tenho acesso á Internet, visitar os vossos blog (e aqueles que sigo sabem bem quem são) e só não os tenho comentado para poder visitar o máximo de blogs que conseguir e tentar também ler o número máximo de posts porque acabo por ficar atrasado. Não pensem que fugi e que deixei de gostar de vocês porque não corresponde à verdade e garanto-vos que irão poder sempre contar com a minha presença e carinho para com os vossos blogs, o mesmo que vocês demonstram para com o meu.

Obrigado pela compreensão e acho que vão gostar de saber que já sei partir ovos. E pratos também. Um dia também terei um livro de receitas que todos usarão como exemplo de como não cozinhar.

 

Quero também dizer-vos que, apesar da minha pouca actividade, fui convidado a participar num site, que se mostrou interessado nos Discos Pedidos. Apresento-vos o Ideias e Opiniões. Um site com muitos autores e muitas boas opiniões. Mas não se preocupem, vocês e o Sapo serão sempre a minha primeira casa.

 

Beijinhos e abraços,

Bruno de Custódio

Autoria e outros dados (tags, etc)

Poesia de Cozinha

por Bruno Custódio, em 17.09.15

Estou a aprender a cozinhar

Na cozinha sou um caloiro

Já aprendi a não queimar

E a não provocar estoiro.

 

Arrozinho no tacho

E bife com molho de cebolada

Mas no fundo o que eu acho

É que a minha especialidade é uma pizza encomendada.

 

A técnica está aprimorada

E o jantar está na mesa

No menu frango com batata esturricada

Vamos saltar para a sobremesa.

 

E até o doce foi feito por mim

A tortura dos convidados não tem fim

Se não vou lá nem com as receitas que vêm no jornal

E já que vem ai o Natal

Alguém que me ofereça uma Bimby!

 

Depois de acabar de aprender a cozinha, vou aprender remodelação de cozinha..

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mãos de Costas Voltadas

por Bruno Custódio, em 07.09.15

Portugal venceu a Albânia e está mais próximo do Euro 2016. Eu queria aplaudir a vitória da selecção portuguesa mas as minhas mãos estão de relações cortadas. Uma delas, para além de relações, tem também a pele cortada. O motivo da zanga entre as minhas mãos eu não sei, mas uma delas detinha a faca que cortou a outra. Até elas resolverem os seus problemas eu estou impedido de bater palmas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dono de Casa Desesperado… ou Abstracto #3

por Bruno Custódio, em 16.08.15

Esta minha nova aventura como fada do lar levou-me e à realização do meu primeiro cozinhado, bifes com batatas fritas. Descobri que as batatas não são tão fáceis de cortar como são de comer e, ao ver o resultado final, fiquei com dúvidas sobre se as deveria expor na mesa ou numa galeria de arte abstracta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dono de Casa Desesperado… ou Desastrado #2

por Bruno Custódio, em 12.08.15

Boa noite senhores e senhoras da vossa vida. Já resolvi o problema da máquina de lavar. Depois de carregar numa sequência de botões que levou a máquina à avaria, comprei um modelo de máquina de lavar roupa imune a avarias, é um tanque.

 

 Tem sido complicado adaptar-me a esta vida de responsabilidade e tenho-me sempre esquecido de descongelar a carne para o jantar antes de sair de casa de manhã. Se a tendência continuar, os meus jantares irão começar a ser Calippos de Bifana e Magnum de perna de frango. É incrível como os animais perdem a autonomia depois de congelados e já não têm a autonomia suficiente para sair do congelador.

 

Está feita a escrita por hoje. Deixo-vos com palavras amigas e um pedido de ajuda. Vou abrir um crowdfunding para arranjar dinheiro para uma casa nova, para prevenir a possível destruição desta. Agradeço os vossos donativos. Desejos de um bom dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mensagens

Calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


subscrever feeds